Ambidestro – Causa, características e como saber se tem a habilidade

Com a capacidade de exercer tarefas com o lado direito e esquerdo corpo, o ambidestro tem características particulares, inclusive no cérebro

A maioria das pessoas do mundo faz suas atividades manuais com a mão ou perna direita. De acordo com estimativas, 70% da população é destra, enquanto de 10% a 30% restante é canhota. Um terceiro grupo, portanto, completa a conta: o de ambidestro.

Diferente da maior parte das pessoas, quem é ambidestro consegue realizar tarefas com os dos lados do corpo com a mesma facilidade. A condição, inclusive, é extremamente rara e está diretamente ligada à forma como o cérebro trabalha. No caso dos ambidestros, então, os dois lados executam as mesmas tarefas, o que resulta na habilidade distribuída entre lados direito e esquerdo.

De acordo com cálculos estimados, apenas em cada cem pessoas tem a habilidade de ambidestria.

Ainda que a ambidestria de nascença seja rara, existem vários casos de estímulo para a habilidade. Isso acontece em vários casos, por exemplo com canhotos que são obrigados a exercitar o lado direito do corpo por falta de adaptação do meio, vergonha ou pressão social.

De acordo com desenhista Eliana Tailiz, a prática da ambidestria é positiva. Isso porque pode melhorar a inteligência e a coordenação motora, já que estimula a atividade do cérebro.

A iniciativa, entretanto, deve começar o mais cedo possível. Uma vez que a criança é estimulada a trabalhar com os dois lados do corpo, pode desenvolver melhor a condição. Por outro lado, adultos já estão condicionados a atividades e movimentos, dificultando o processo.

Simetria cerebral

O cérebro de um ambidestro funciona a partir do domínio simétrico. Assim, dois hemisférios possuem a mesma capacidade, podendo comandar atividades semelhantes para os dois lados do corpo. No entanto, há desvantagens para a funcionalidade.

Hemisférios cerebrais simétricos equilibram não só habilidades motoras, mas também emoções e sentimentos. Dessa maneira, pessoas ambidestras (e até canhotas, em alguns casos), lutam com raiva e carregam mais emoções negativas do que destras.

A condição também pode oferecer maior risco de problemas cognitivos. Uma pesquisa realizada com 8 mil crianças, na Finlândia, revelou que as que tinham aptidão para ambidestria também apresentaram maior dificuldade de aprendizagem. Além disso, foi observado maior propensão a distúrbios de atenção, como o TDAH.

Curiosidades

Testosterona: existem estudos que indicam que a testosterona é responsável por definir formações cerebrais simétricas e, portanto, ambidestria.

Sexualidade: numa pesquisa com 255 mil pessoas, o Dr. Michael Peters, da Universidade de Guelph, percebeu que entre ambidestros há maior ocorrência de homossexualidade e bissexualidade.

Prática de esportes: em atividades como lutas, natação e futebol, que requerem boas habilidades com mãos e pés, a ambidestria é estimulada. Além disso, a prática é recomendada para estudos de instrumentos musicais.

Sinestesia: a habilidade de misturar sentidos na percepção do mundo é mais frequente em ambidestros.

Ambidestros famosos: entre alguns dos ambidestros mais famosos, estão Leonardo DaVinci, Benjamin Franklin, Pablo Picasso e Paul McCartney.

Descubra se você é ambidestro

Responda a cada item com direita, esquerda ou ambas. Se mais de oito questões forem respondidas como ambas, você pode ser ambidestro.

  • Mão que usa para pentear o cabelo com pente ou escova
  • Mão que você segura a escova de dentes
  • Manga da roupa que você veste primeiro
  • Mão que você segura o sabonete durante o banho
  • Mão com a qual você molha algo em leite, molhos, ou outros líquidos
  • Mão com a qual você segura garrafa, ao encher um copo
  • Mão utilizada para rasgar envelopes de café e açúcar, assim como embalagens semelhantes
  • Mão que você segura o fósforo para acendê-lo
  • Mão usada para segurar frutas ao utilizar um espremedor
  • Mão que mexe alimentos na panela
  • Mão colocada acima da outra ao bater palmas
  • Mão colocada sobre a boca ao fazer um sinal de silêncio ou bocejar
  • Mão com a qual você lança algo, como pedras ou dardos
  • Mão usada para rolar dados
  • Mão que fica embaixo ao segurar uma vassoura, enquanto varre
  • Mão usada para escrever
  • Mão com a qual você utiliza um grampeador
  • Mão para abrir um guarda-chuva não automático
  • Mão com a qual você veste chapéus, gorros e semelhantes
  • Braço que fica por cima quando estão cruzados
  • Pé usado para chutar bolas
  • Pé com o qual você pula em um pé só
  • Orelha em que você coloca o telefone ou celular
  • Olho que você olha em olhos mágicos ou outros buracos semelhantes

Fonte: https://segredosdomundo.r7.com/ambidestro/

Tags:, , ,