Mundo Canhoto

Ser canhoto: uma questão de lateralidade!

Certa de 10 a 12% dos seres humanos são canhotos, uma predominância motora de um dos lados do corpo, uma habilidade individual e genética.

Chance de ter um filho canhoto:

  • pais destros: em torno de 10%;
  • se um dos pais é canhoto: 20%;
  • se ambos são canhotos: 26%.

Os pais não devem ser preocupar com a lateralidade dos filhos e nem tentar “mudar”, mesmo tudo ao nosso redor seja feito para destros. Os materiais escolares, escritórios e do dia a dia podem ser adaptados a eles, sem nenhum prejuízo no desenvolvimento infantil e pedagógico. A psicomotricidade pode ser estimulada de forma lúdica e prazerosa.

 Avaliamos a lateralidade observando o modo como a criança brinca e realiza as atividades da vida diária, como pegar um copo, comer, chutar, olhar por um buraco, montar blocos, desenhar, etc.

A lateralidade está ligada com todo o esquema corporal de um indivíduo, proporcionando-o maior habilidade em usar um lado do corpo para realizar as suas atividades diárias.

A construção da lateralidade se faz de modo gradual nos primeiros anos de vida:

  •  0 a 2 anos: não está definida. Nessa fase, o bebê pega, joga, chuta, explora o ambiente usando ambas as mãos, pés, olhos e ouvidos.
  • 2 a 4 anos: usa os dois lados do corpo nas atividades diárias e começa a mostrar alguma dominância.
  • 4 anos: utiliza um lado do corpo mais do que o outro nas atividades diárias.
  •  6 anos: lateralidade está definida.

Tipos de lateralidade:

  • Homogênea: a dominância da mão, do pé, do olho e da orelha são no mesmo lado (direito ou esquerdo).
  • Cruzada: dominância no uso de diferentes lados do corpo para distintas atividades diárias, como: escrever com a mão esquerda e chutar com o pé direito. A lateralidade cruzada mão-olho está relacionada com dificuldades nos transtornos específicos de aprendizagem, especialmente na leitura e na expressão escrita.
 

Dra. Valéria Gandolfi Geraldo

Pediatria – Neurologia Pediátrica

CRM-SP 105.691 – RQE: 26.501-1

Fonte visitada em 25/06/2022

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.